5 habilidades essenciais que você precisa para uma carreira em eletrônica

Veja também: Habilidades transferíveis

Uma carreira em eletrônica requer proficiência e um imenso conhecimento de sistemas elétricos e metodologias. Um engenheiro eletrônico precisa ter as habilidades necessárias para trabalhar com dispositivos do dia a dia, como telefones celulares, dispositivos portáteis de música e computadores, antes mesmo de pensar em sistemas maiores e mais complicados.

Além de ter afinidade com Solução de problemas e um entusiasmo por circuitos, existem algumas habilidades essenciais que são necessárias para uma carreira de sucesso em eletrônica. Enquanto você lê esses pontos, identifique em quais áreas você deve trabalhar para aprimorar as habilidades necessárias para uma carreira de sucesso em eletrônica.

Programas

Uma habilidade essencial é o conhecimento em software, junto com a eficiência em programação. Um aspirante a engenheiro eletrônico deve ter o domínio de várias linguagens de computador, por exemplo, C ++, ferramentas de desenho auxiliadas por computador e simuladores de circuito para analisar projetos. Esse conhecimento pode ser altamente lucrativo em um trabalho nos departamentos de engenharia elétrica e de computação.



qual é a natureza de um problema



Seja mantendo uma infraestrutura de energia ou desenvolvendo sistemas de navegação, você pode se qualificar como um excelente engenheiro eletrônico apenas se tiver domínio de ferramentas de software. Para avançar neste campo, você deve possuir uma combinação de conhecimentos de tecnologia de engenharia elétrica e habilidades de software para lidar com situações de rotina e de emergência.

Recrutadores de eletrônicos e software Procure pessoas com uma base sólida em engenharia eletrônica que também sejam capazes de projetar softwares para web e aplicativos de desktop / móveis. Os departamentos de eletrônicos estão se tornando cada vez mais competitivos, pois são responsáveis ​​pelos sistemas elétricos principais e secundários, dispositivos de solução de problemas e calibração de equipamentos elétricos, que estão todos interligados por vários aplicativos de software.

Hardware

Além de apenas conhecimentos, e independentemente de onde possam acabar, qualquer candidato à procura de uma carreira em eletrônica também deve ter experiência prática em diferentes circuitos e encaixes elétricos. O pensamento técnico requer habilidades de pensamento crítico para identificar problemas comuns e encontrar soluções de trabalho. Aprender a usar o hardware envolve o uso seguro de ferramentas elétricas, por exemplo, ferramentas para fazer conexões, executar diagnósticos e realizar ajustes delicados. Além disso, os candidatos devem conhecer o procedimento de instalação de vários dispositivos elétricos, como cabos, interruptores, tubos, etc.



Somente se você tiver 'conhecimento de tecnologia', será capaz de realizar a manutenção e reparo de sistemas de hardware. Além disso, você deve ter confiança e potencial para projetar novos circuitos, bem como corrigir os mais antigos. Você deve ser capaz de organizar todas as peças de um aparelho exatamente na mesma posição em que estavam antes de abri-lo!

Você precisará de um grande interesse em tecnologia para poder prosperar em uma carreira em eletrônica. Diferentes empregadores priorizam diferentes competências, mas, para um engenheiro elétrico, você precisa ter o controle de todas essas habilidades igualmente. Determinação e perseverança são as chaves que impulsionarão sua carreira.

o que e símbolo significa em matemática

Sistemas de Software Embarcados

O software incorporado é um programa de computador codificado para controlar dispositivos elétricos que não são tradicionalmente considerados como computadores - são amplamente conhecidos como sistemas incorporados. Os sistemas incorporados são programas sob medida projetados exclusivamente para funcionar em dispositivos de hardware específicos, por exemplo, despertadores, automóveis, telefones celulares, assistentes pessoais digitais, etc. É, portanto, difícil para uma pessoa com pouca experiência neste campo trabalhar com segurança e eficientemente.



Os consumidores interagem com o software aplicativo. No entanto, o software embarcado executa funções em segundo plano que nem sempre são visíveis e, às vezes, muito complicadas. Esses sistemas têm requisitos e recursos de hardware fixos e, portanto, apenas os eletricistas mais experientes e habilidosos podem fazê-los funcionar corretamente.

É preciso raciocínio analítico, um QI alto e uma abordagem pragmática para encontrar uma solução. Além disso, os projetos de sistemas embarcados também podem incluir componentes analógicos que um engenheiro novato pode não entender. Você também deve ser suficientemente qualificado para lidar com equações matemáticas, por exemplo, programação linear para atingir o resultado desejado.

Conhecimento prático de trabalho de RTOS (Real-Time Operating Software), que é responsável por funções importantes como agendamento de tarefas e habilitação de linguagens de codificação de alto nível como C e Python, também desempenha um papel crucial no desenvolvimento de uma carreira em eletrônica e comunicações. Vale a pena considerar fazer um curso nessa área se você quiser ser empregado como engenheiro de software embarcado. Além disso, uma pessoa deve ser bem versada em plataformas de sistema operacional poderosas, como Bare Metal, Linux, Mac e Windows.

Digital e Analógico



É de extrema importância que os profissionais da engenharia elétrica e da computação possam trabalhar tanto em plataformas digitais quanto em sistemas analógicos. Os aspirantes a engenheiros eletrônicos que buscam profundidade na eletrônica analógica também devem aprender como as redes de dispositivos semicondutores, como transistores, realizam tarefas de processamento de sinais.

Ambos sistemas digitais e analógicos são usados ​​para transmitir sinais como áudio e vídeo. A única diferença é que o sistema binário usa o formato binário 0 e 1 e, por outro lado, os dispositivos analógicos usam ondas eletrônicas e magnitude.

Embora a transmissão digital seja fácil e o hardware possa ser facilmente modulado de acordo com os requisitos, um pequeno erro pode causar problemas significativos. Portanto, é aqui que as habilidades e a experiência são questionadas. Brincar com esses aparelhos e fios pode ser perigoso se você não tomar as devidas precauções e usá-los com cuidado.

Hoje em dia, toda a eletrônica moderna está equipada com sistemas analógicos. Na verdade, nos microchips mais recentes, até mesmo os circuitos digitais exibem comportamento analógico. Portanto, você deve saber como lidar com problemas que ocorrem devido a interferências nas ondas de sinal ou projeto de circuito integrado.

Testando

De todas as habilidades de que você precisa para se destacar em uma carreira em eletrônica, o teste é um dos mais desafiadores, pois garante a funcionalidade, confiabilidade e qualidade de um produto. Você tem que ser capaz de encontrar falhas e a origem dessa falha em um circuito e, para isso, você precisa aprender muitas maneiras diferentes de testar equipamentos.

Você será aquele que verificará se um novo gadget está pronto para ser ligado. Antes de dar a aprovação final a um produto acabado, ele passa por vários testes e Verificações de controle de qualidade para encontrar quaisquer falhas ou bugs. Um engenheiro de ECE deve ser capaz de reconhecer e relatar tais defeitos por conta própria e talvez encontrar soluções para esses problemas também.


Palavras Finais

Se você tem todas essas habilidades, está pronto para iniciar uma carreira em eletrônica. Tenha fé e confiança, esteja determinado e disposto a enfrentar novos desafios na vida, e você ficará surpreso com seus pontos fortes e capacidades.

Ler sobre o assunto e em áreas relacionadas também pode ser útil para conseguir um emprego de boa reputação neste campo.


Continua a:
Habilidades de gestão de carreira
Planejando o Desenvolvimento Pessoal

funções de membro da equipe em um grupo